terça-feira, 21 de agosto de 2007

Uso de Redes Sociais pode custar bilhões para empresas

Pegando o embalo do meu post sobre bloqueio de Orkut, li hoje uma notícia que motiva mais ainda empresas, instituições e universidades a bloquear o site e seus similares.

Nesta segunda (20/08), a companhia de segurança SurfControl mostrou uma análise onde diz que as empresas podem perder até US$ 4 bilhões por ano, com a diminuição de produtividade dos seus funcionários devido às distrações causadas pela rede social Facebook. O site de relacionamento em questão virou mania na Austrália, onde a pesquisa foi feita.

Apesar da análise ter sido feita na Austrália e com o Facebook, podemos deduzir que a situação aqui no Brasil com o Orkut não é muito diferente. Qualquer um sabe o quanto a rede social "do Google" é conhecida por aqui e quanto ela toma tempo das pessoas. Em alguma repartição pública ou empresa, em que o acesso ao site ainda é liberado, não deve ser muito difícil achar pessoas navegando por horas no Orkut.

E vem a pergunta: Quem está perdendo dinheiro com isso? Segundo a pesquisa, as empresas perdem e muito. Aqui no Brasil, talvez não em escala bilionária, isso também deve ocorrer. Talvez pior, ou apenas o óbvio, o governo também pode estar perdendo dinheiro com empregados fuçando o perfil de outros no Orkut.

O interessante é que Richard Cullen, presidente da SurfControl, afirmou que restringir o acesso a esse tipo de site a partir de computadores no trabalho não é a melhor maneira de cortar o desperdício de tempo dos funcionários, pois o site traria sociabilização deixando os empregados mais felizes e dispostos a trabalhar mais.

Como eu já falei, e todo mundo sabe, é só saber manter a coisa saudável. Proibir alguém de fazer algo não é bom, mas deixar que exageros aconteçam também não.


Fonte: G1

Um comentário:

Nelson Biagio Junior disse...

Sinceramente, não entendo como alguém ainda pode perder tempo com o Orkut. O Facebook, por outro lado, é bem mais interessante, contando com a possibilidade de inserir centenas de aplicativos aos perfil o usuário.

Abraços,