terça-feira, 4 de setembro de 2007

Como ter idéias e criar sites que podem valer 1 bilhão de dólares - Parte 3

Esta é a última parte desta série de artigos. Neste vou falar de algo tão importante quanto ter idéias maravilhosas e inovadoras: botar a mão na massa e tirar a sua idéia do papel. Além de, é claro, como não esbarrar em problemas na hora do desenvolvimento do site.

Para começar quero fazer uma pergunta para as pessoas que têm uma idéia ou um protótipo de site:

Os usuários trocariam um outro serviço pelo seu? Por que?

Se a sua idéia é totalmente inovadora:

Os usuários usariam seu serviço? Eles criariam o costume de usá-lo? Por que?

Estas são duas perguntas muito importantes para saber se a sua idéia para site é viável ou simplesmente fruto de um devaneio. Muitas vezes podemos pensar em algo novo e achar a coisa mais legal do mundo, mas nem sempre, colocando na prática, isso vai ser verdade. Por isso, antes de tudo, realmente faça uma análise do mercado e os seus concorrentes e veja se realmente vale a pena desenvolver seu projeto. Não precisa ser algo formal, apenas liste-os e defina características de cada um.

Se você está convencido que você vai conseguir atrair muitos usuários para o seu serviço então vamos ver algumas dicas para o desenvolvimento do seu site não sair dos trilhos.

1 - Leia, estude e conheça BEM o mercado

A Web é gigantesca e extremamente competitiva. Você não pode se dar o luxo de não conhecê-la muito bem, especialmente o nicho de mercado que você quer incluir o seu novo site. Ter este tipo de conhecimento evita surpresas mais para frente do tipo "o site X já implementou faz tempo a funcionalidade que eu comecei a fazer ontem".
Essa dica não vale apenas para o caso de um novo site e sim para qualquer negócio. Você precisa entender o ambiente em volta do seu empreendimento para poder se "defender" e "atacar" da maneira certa.

2 - Seja sempre crítico mas sempre com Bom Senso

Não importa o quanto você trabalhar no seu projeto de site, sempre vai haver algo que pode ser melhorado ou algo novo para ser implementado. Portanto, seja crítico! Examine os pontos fracos do seu serviço. Mas sempre tenha bom senso e examine também seus pontos fortes. Tente pesar os dois lados, vendo onde você deve melhorar e o que pode ser descartado. Se estiver trabalhando em grupo não deixe de dar uma sugestão ou comentário sobre o trabalho de outro, mas com todo o cuidado e MUITO bom senso. Nem todo mundo aceita críticas, especialmente se elas não forem construtivas.

3 - "Faça você mesmo" ou fazer com um grupo?

Esta é uma decisão que mexe muito com o ego. Será se você consegue fazer o seu projeto de site sozinho? Se esta for sua escolha esteja munido de ajuda, seja de pessoas que entendam dos assuntos relacionados ou fóruns e listas de discussão onde você poderá tirar suas dúvidas. Por exemplo, se você vai usar PHP, MySQL e Ajax no seu site, tente conhecer pessoas que poderão te ajudar nessas áreas ou lugares na Web que você possa pedir ajuda.

Se você decidir fazer em equipe esteja preparado para lidar com discussões e idéias conflitantes. Talvez o mais importante, neste caso, é cercar-se de pessoas de confiança e o principal: COMPETENTES. Não adianta ser o seu melhor amigo desde o berçario se o cara quer ser programador do site e só sabe fazer uns programinhas básicos. Uma última coisa a ser observada é que você ter a certeza que os membros do seu grupo estão tão motivados com o projeto quanto você, seja através de remuneração ou através da simples motivação de criar algo novo.

4 - Organização

Organize TUDO! O desenvolvimento de um site pode gerar uma montanha de código. Saiba administrar isso. Ter um controle de versões também é uma boa idéia. Além disso, mantenha controle de quem está fazendo o que no projeto, caso esteja trabalhando em grupo, se estiver sozinho, mantenha uma lista atualizada das coisas que você está fazendo e do que você vai fazer.

5 - Não desista!

Dependendo da complexidade da sua idéia para site, ela pode demorar muito para ser desenvolvida ainda mais com um número reduzido de pessoas (ou só você). Se você acredita realmente na sua idéia, vá em frente e não pare. Deixar o projeto de lado para continuá-lo depois, pode ser a sentença de morte do mesmo. Tenha coragem e não se perca na imensidão da Web, com perseverança e muito trabalho você também pode ter o seu lugar nela.

Concluindo

Obviamente há outros pontos que necessitam de cuidado mas você vai encontrá-los durante sua jornada. Se alguém estiver desenvolvendo um site e leu as dicas destes artigos lhes desejo Boa Sorte!

Pra fechar: Seja Brasileiro! Não desista nunca! Trabalhe que nem um condenado. Não tenha medo de inovar e ter idéias!

Até a próxima!

Leia também os 2 primeiros artigos da série:

11 comentários:

Lucas disse...

Muito bom esse artigo.
Acho o que falta é exatamente o que você falou: perseverança e acreditar em si mesmo e na ideía.

Parabéns!

Felipe Hummel disse...

Valeu cara! É isso aí, pessoal tem que correr atrás e deixar de moleza! hehehe
Abraço

Moskito disse...

Buenas, Hummel.

Gostei da lista que tu fez com as dicas para "criar um site milionário". O complicado na maioria das vezes é controlar o imediatismo, isso é um grande problema, acredito eu. E no meu caso, a organização.

Vejo muitas idéias boas surgirem e as pessoas por preguiça ou comodismo não a tiram do papel. Eu sofro do contrário, uma megalomania incontrolável que não me deixa fazer nada direito... hahaha

Abracetas!

Felipe Hummel disse...

É cara... Existem muitas outras variáveis que a gente não controla. A grande "parada" é saber controlar esses imprevistos.
Na questão de organização, ninguém é muito organizado, eu também não sou =P
Mas temos que fazer um esforço se quiser fazer a coisa dar certo...

Abraço

Moskito disse...

Na questão de organização eu tentei uma agenda, ajudou um pouco, mas o que realmente melhorou de vez foi post it. Folhas em baixo do teclado, num painel que tenho do lado do computador, etc... haha :P

vynnus disse...

Parabens amigo ... é um artigo que incentiva e tanto. Atualmente estou trabalhando em algo assim e espero ter uma resposta do mercado em breve. Grande abraço ...

Felipe Hummel disse...

Pow cara! Valeu. Fazendo um empreendimento?
Pode contar o que é?

Se puder:

felipehummel@gmail.com

Samoel Lima disse...

Amigo,
Parabéns por estar preocupado com a coletividade e com a nossa net brasileira. Gostei muito de suas idéias e até fiquei mais motivado.
Seguirei as dicas, principalmente sobre organização.
Obrigado e sucessos. Samoel Lima

Felipe Hummel disse...

Opa Samoel.
Obriado pelo comentário.
Espero que siga as dicas para podermos ver novos grandes sites brasileiros.

Abraço!

Anderson disse...

bem,praticamente 2 anos depois da publicação do mesmo aqui estou eu,mais acho q pra elogios não tem hora neh? =P
muito bom artigo kra!
parabéns
abraços
Anderson Baldner

Rafael Orágio disse...

Olá Hummel. 3 anos depois do post, estou eu aqui comentando no seu blog. Sem dúvidas você é um cara que tem uma visão muito ampla em relação à internet. Suas dicas são muito valiosas. Desta época para cá, podemos dizer que ocorreu um "boom" das redes sociais. É a nova onda do momento. Hoje, quem integra com seu site alguma rede social (Facebook, Orkut, Twitter, Linkedin, etc), com certeza sai na frente. E como você mesmo disse, ter uma idéia inovadora é muito difícl, pois se pararmos para pensar, já existe de "tudo". Li uma matéria essa semana, e lá rolava uma discussão sobre se seria o fim do "www" e percebi um comentário muito interessante dizendo que a rede mundial e as redes sociais podem ser comparadas com cidades e condomínios, onde uma rede social é o condomínio, e os outros milhões de sites são as cidades. Pra quê eu preciso sair de casa para ir à um supermercado, se dentro do condomínio já existe um mercadinho que me satisfaça? Isso me despertou uma outra visão do que será o futuro na web. Será mesmo que as pessoas perderam a vontade de ficar navegando em sites e agora elas querem mais é ficarem conectadas às outras pessoas o maior tempo possível? Acho que esse é um ponto interessante a ser pensado antes de levar uma idéia em prática. Fica aí mais esta dica!

Great blog!
Abs.